5 de dezembro de 2016

Jardim de Inverno Pequeno


Quem não queria ter um jardim de inverno pra chamar de seu? Por aqui é muito calor no verão, não é mesmo? Imagina um jardim aconchegante desses pra refrescar um pouco os ares!
Nem sei qual meu preferido, mas eu adorei as inspirações. Eu adoraria ter a oportunidade de fazer um dia, amo natureza e  ter um pouco dela dentro de casa é perfeito!

A decoração desse tipo de ambiente com pedras complementa o charme do local, mas pode incrementar com  cascalhos,musgos, gramas pedaços de tronco e até enfeites mesmo desses de "anão de jardim". O importante é deixar do seu jeitinho.
Eu colocaria também plantas que dão flores coloridas, imagina quando florescer, que lindo que fica!
Gosto muito também de plantas como cactos e suculentas, deixa o ambiente mais fofo.
E vocês, já teve esse desejo? Como seria ?

um beijooo ❤💓







decorfacil.com

blog chuva no jardim
foto de : Decorfacil.com

blog chuvanojardim
decorfacil.com

BLOG CHUVA NO jARDIM
umjardimparacuidar.blogspot.com.br

WWW.CHUVANOJARDIM.COM.BR
Decorandocasas.com.br

WWW.CHUVANOJARDIM.COM.BR
foto Divulgação: Casa Linda. www mundodastribos.com.br

WWW.CHUVANOJARDIM.COM.BR
casaclaudia.abril.com.br




Veja esses videos de como montar um jardim de inverno e laguinho pequeno para jardim




28 de novembro de 2016

Minha Paixão é Ler: Eu Estive Aqui- Gayle Forman

blog www.chuvanojardim.com.br



Hoje trago a resenha do  livro ‘’Eu estive aqui’’ de Gayle Forman. É uma historia envolvente de suspense e drama muito comum nos dias de hoje (infelizmente).
Confesso que comecei e parei esse livro muitas vezes (desde o ano passado), mas digo que não desistam se acontecer o mesmo com vocês, pois vale a pena ir até o fim.

O tema abordado é suicídio. O livro conta a historia de Cody, uma garota de 18 anos moradora de uma pequena cidade e que se sente insatisfeita por não ter obtido a sonhada bolsa na universidade, por isso se mantém no mesmo lugar, desistindo dos seus sonhos e fazendo alguns trabalhos como faxineira das residências locais.

Cody possui uma amiga, chamada Meg que segundo ela é como se fosse sua melhor metade. Logo na primeira pagina vemos  a carta de Meg para Cody, relatando seu suicídio em um quarto de motel na cidade de Seatle.


Pag.8

Um dia depois de Meg morrer, eu recebi esta mensagem:

Sinto informar que precisei dar fim à minha própria vida. Estou adiando esta decisão há muito tempo, e ela é minha e de mais ninguém. Sei que isso lhe causará sofrimento, e lamento que seja assim, mas saiba que eu precisava acabar com a minha dor. Não tem nada a ver com você, mas tudo a ver comigo. Não é culpa sua.

Meg

Mas o que aconteceu com Meg? Uma menina inteligente que ganhou bolsa na universidade era sagaz e animada e possuía amigos descolados? A resposta é: Depressão.

A partir daí, Cody se vê em uma aventura dramática, na procura de respostas para tantas perguntas com relação a Meg para saber o que aconteceu com ela e encontrar o mentor de sua morte.
Cody verá sua vida mudar drasticamente se transformando, passando de uma menina fragilizada á uma mulher com personalidade forte e garra. Ela não sabe as coisas que a esperam pelo caminho, mas irá colher muitas amizades improváveis, respostas a uma dolorosa parte da sua vida e um grande amor. Quem será esse amor? E contra quem ela vai ter que lutar por causa dele? Suspense...


Pag. 190

Cody é uma jovem arrasada pela morte da melhor amiga. Em meio à angústia e à dor da perda, só lhe restam a tristeza, a raiva, o arrependimento e perguntas que nunca serão respondidas. Cody e Meg são fictícias, mas isso não me impede de fazer o seguinte questionamento: se Meg soubesse o que seu suicídio causaria à melhor amiga, à família, ela teria se matado assim mesmo? Também me pergunto se, mergulhada nas profundezas de sua depressão, Meg seria capaz de entender a extensão do impacto que causaria.


Sinopse:

Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... E de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.
Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.


Minha Opinião

Resumidamente quero dizer que o livro é maravilhoso, aborda um tema interessante. A história é envolvente com muitas reviravoltas na pacata vida de Cody. Não deixa de ser emocionante. Os personagens Meg e Cody foram baseados em fatos reais de uma jovem de 19 anos que se suicidou (mesmo sendo brilhante) o que nos mostra mais uma vez que depressão é algo sério e deve ser monitorado de perto.
A linguagem do livro é simples e gostosa de ler. Amei demais conhecer essa obra de  Gayle Forman e ela é maravilhosa, sensacional. Certamente recomendo demais a leitura do livro.


blog chuva no jardim

chuva no jardim
credito: Fanmail.com

Gayle Forman

Nasceu em 1970 e Começou sua carreira entre as letras como jornalista, mas, aos 34 anos, ingressou no mundo dos livros. É autora dos best-sellers
Se eu ficar e Para onde ela foi, além de outras obras de sucesso.
Eu estive aqui já teve os direitos negociados para o cinema. Atualmente, Gayle mora no Brooklyn com o marido e as filhas.



Nota de 0 a 10: 9,5
Titulo do Livro: Eu Estive Aqui. Em inglês: I Was Here.
Autora: Gayle Forman
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Paginas: 240

I.S.B.N: 9788580414233

24 de novembro de 2016

TAG- Liebster Award -Discover New Blogs




Oi pessoal!!! Hoje vamos de TAG! Amo demais né!  Dessa vez fui indicada pela linda Raquel do blog Tips And Confessions, Aproveitem pra visitar o blog pessoal.  Raquel querida, Obrigada pela indicação e um super beijoo!! <3


As questões são:

- Escrever 11 fatos sobre você;

- Responder as perguntas de quem te indicou;
- Indicar 11 a 20 blogs com menos de 200 seguidores;
- Fazer 11 perguntas para os blogs indicados;
- Colocar a imagem que mostre o selo da Liebster Award;
- Linkar quem te indicou.

11 fatos sobre mim:



1.    Sou Canhota.

2.    Adoraria Andar á cavalo, mais ainda não consegui. Quando passo perto de um eu corro dele e quando um passa perto de mim, quase morro do coração.

3.    Já afundei a perna no esgoto cheio de merda, quando era pequena... Desobediência dá nisso e em outras coisas mais...

4.    Quebrei o braço do meu irmão brincando com ele... Foi terrível.

5.    Amo academia e adoraria ter um corpo “fitness” hehe

6.    Não tenho filhos, em compensação temos cachorro, ratazanas (sim, é isso mesmo),  porco da Índia, ganso, codorna e os gatos dos vizinhos...

7.    Moro no Rio de Janeiro- Capital... E odeio Calor!!

8.    Já tive cabelos loiros, mel, ruivo, preto, com mechas, agora está castanho e não sei qual cor colocar pro natal kkk

9.    Não vivo sem fone de ouvido. Eu sei, eu sei isso é ruim, mas eu ouço baixinho...

10.  Já tive que cortar meu cabelo na nuca porque enrolei a escova nele e não queria mais “desembolar”... Perdi meu cabelo na cintura. Desobediência, tá!

11.  Amoo demais ler e chego  a ler 3 livros de uma vez.


As Perguntas feita pela lindíssima Raquel.

1)    Preferia Ter um cachorro ou gato? 

Eu tenho uma cachorra na verdade kkk O nome dela é Luna e ela é minha filha linda, minha bebê levada que me faz muito feliz, minha bolinha de pelo mais linda da face da terra ( mãe coruja hehe). Mas eu amooo todos os animais, então gatos também apaixonante! Prefiro cachorro pelo fato de serem mais fieis e brincalhões.



2)    Praia ou campo?

Amoo praia, mas prefiro campo! Adoro a natureza e aquele clima de serra, terra e friozinho.


3)    Realizou algum sonho que tinha desde criança?

Meu sonho sempre foi ir á Paris, ainda não realizei..
Mas alguns mais simples sim, como andar de patins, ter uma piscina, ter um cachorro de estimação...


4)    Qual seu cantor/cantora favorito(a)?
Gente eu não curtia, mas agora curto muitas musicas da Taylor S. Gosto de Zayn Malik, Sam Smith, Paloma Faith, Skylar Grey, Sia ... meu momento.

5)    Qual cidade ama, mas nunca teve oportunidade de conhecer?

Tantas!! Quero conhecer em breve o Nordeste ( todinho haha), Amo também Rio grande do Sul, Paraná... Sou apaixonada por Bonito... Quero conhecer tudo gente, cês não tão entendeno...

6)    Qual canal do YouTube preferido?

Fuxico muito o youtube, não paro em um canal só, mas gosto do canal da taci, da LuPaganelli, Natasha Yuki, Ingrid Nilsen e tantos outros que não lembro mas  já vi, gostei, curti, mesmo não lembrando o nome estão nos meus favoritos. Visito também os canais das blogueiras que sigo, todos! (quando tenho um tempo, que agora tá brabo). E também de musicas e clipes,ou seja, bem diversificado.

7)    Qual seu maior objetivo com o blog?

Compartilhar, Interagir, Conhecer pessoas, outros blogs... Torna-lo Profissional no futuro.

8)    Qual série de livros preferida? Por quê?
Nooosaaa , Impossível te dizer isso. Kkkk Sério, não pra mim. Eu leio muitoo e varias sequencias. Se for sobre gênero, eu gosto de romance, Drama, contos... Mas uma sequencia, uma série , não se te dizer, sério mesmo. Fico apaixonada por todas as que leio. Será que entendi sua pergunta??  Se for pra eu descrever meus preferidos, coloco alguns aqui: “As flores de Ruanda”, “ Eu estive aqui”, “ Lembranças de uma Noite”, “ Proibida pra Mim”, “ Os bebês de Aushwitz”, “ Refugio Secreto”... SO MANY BOOKS, SO LITTLE TIME...

9)    Se o mundo acabasse hoje, qual a última coisa que gostaria de fazer?

Kkk Pergunta difícil. Acho que estar ligada com Deus em todo tempo, fazer um passeio radical, comer besteiras no podrão e estar com minha família: Tudo Junto!

10) Ter que comer a comida que mais odeia pra sempre ou o próximo episódio da série que ama nunca mais sair?

Kkkk não aguentaria comer comida que odeio não kkk principalmente pra sempre. Então, série querida, Adeus.

11) Tem alguma mania estranha?

Olhar mil vezes se a casa está em ordem antes de dormir... Isso pra mim é patético, mas eu faço... Mil vezes... Infelizmente.

Meus indicados para responder a TAG:

Garota do 330
Minhas perguntas para eles:
1) O que Espera para o futuro? 
2) Um sonho que ainda não realizou em relação ao blog?
3) O nome do seu blog tem qual significado pra você?
4) Tem costume de ler? Qual seu livro preferido?
5) O que não pode faltar na sua dispensa?
6) Meu pecado é...
7) Me conte um trauma do Passado.
8) Você segue tendências de Moda?
9) O que é bloggar para você?
10) Qual é o foco do seu blog?
11) Qual é sua melhor característica?


Sintam -se todos a vontade para responder, caso queiram. Um grande beijo e obrigada pela visita <3!!


17 de novembro de 2016

Dica Decor: Inspirações com Prateleiras

Prateleiras


Eu sempre fui apaixonada por prateleiras, acredito que  podemos explorar cada espaçinho da casa , ter mais lugares pra guardar as coisas, alem da decoração ficar linda!
São praticas, tem de vários tamanhos e valores variados, mas a realidade é que prateleira é um objeto tão simples e tão necessário.

As decorações que usamos como inspirações muitas das vezes, sempre incluem prateleiras  e cubos e ficam perfeitas , tanto em banheiros, cozinhas e escritórios... Toda a casa fica bem harmoniosa e com um charme indescritível apenas decorada com prateleiras!

O que vocês acham? Alguém também é apaixonado por prateleiras na decoração da casa? Compartilham comigo! <3

Vem de inspirações!

















Creditos

fernandamarques.com.br
acasaqueminhavoqueria.com
revistacasaejardim.globo.com
indiretasdobem
Fashionismo
mulherpreciosa.blogspot.com.br

7 de novembro de 2016

Minha Paixão é Ler: Alpha - Resenha


www.chuvanojardim.com.br



Olá pessoal, hoje trago mais uma resenha de um livro diferente do que geralmente leio, mas tá valendo, não é? Desde a capa dá pra perceber: É um livro Hot, então atenção. Eu não sabia que ele era tão explicito e me interessei pela sinopse, que nada insinua sobre isso ( não dessa maneira) não li resenha dele antes para ter noção e uma vez começado a ler, só paro no final. O livro se chama Alpha da Autora Jasinda Wiles e na verdade é uma trilogia, esse é o livro 1. E o Gênero NÃO é sadomasoquista.
Vou começar com a sinopse, diferente do que sempre faço, para entender melhor o livro, Sei que minhas resenhas são grandes, o que muitas das vezes as pessoas sentem preguiça em ler e também eu coloco fragmentos para melhor compreensão, mas nunca conto pedaços chaves do livro, assim como fatos dos personagens, meio, final, curiosidades... Isso eu deixo pra pessoa ler. 

Sinopse
A primeira vez que isso aconteceu, parecia um milagre impossível. Dívidas
foram se acumulando, somando mais dinheiro do que eu poderia conseguir.
Contas hospitalares da mamãe. Aula do meu irmão mais novo. A taxa da
minha matrícula. Aluguel. Eletricidade. Tudo isso em meus ombros. E eu
tinha acabado de perder meu emprego. Não havia esperança, não havia
dinheiro em minha conta, sem trabalho para ser encontrado. E então,
quando pensei que toda a esperança estava perdida, encontrei um envelope
no correio. Nenhum endereço de remetente. Meu nome na frente, meu
endereço. Dentro havia um cheque, nominal para mim no valor de dez mil
dólares. O suficiente para pagar as contas e me deixar alguma sobra para
viver até que encontrasse um emprego. O suficiente para me deixar
concentrar nas aulas. Não havia nenhum nome no cheque, apenas “VRI
Inc.”, e um endereço de caixa postal de algum lugar da cidade. Nenhum
indício de identidade ou o motivo para verificação ou qualquer coisa.
Nenhuma menção de reembolso, juros, nada... a não ser uma única palavra:
“Você”. Apenas aquelas quatro letras.
Se você receber um cheque misterioso, dinheiro suficiente para
apagar todas as suas preocupações, você iria descontá-lo?
Eu o fiz.
No mês seguinte recebi outro cheque, novamente vindo de VRI
Incorporated. Ele também continha uma única palavra: Pertence”.
Um terceiro cheque no mês seguinte. Desta vez, duas palavras.
Quatro letras. A mim.
Os cheques continuaram chegando. As palavras pararam. Dez mil
dólares, todo mês. Uma garota se acostuma com isso, bem rápido. Isso fez
com que eu pagasse as contas sem me endividar. Fez com que eu mantivesse
meu irmão mais novo na escola e os cuidados da mamãe pagos. Como você
dispensa o que parece ser dinheiro livre, quando está desesperado? Você não
faz. Eu não fiz.
E então, depois de um ano, houve uma batida na minha porta. Uma
limusine preta elegante parada na calçada em frente a minha casa. Um
motorista ficou na minha frente e falou sete palavras: “É hora de pagar a sua
dívida”.
Você teria feito isso?
Eu fiz.
Acontece que 120.000 dólares não vem de graça.

                        _________________________#__________________________


No decorrer do livro, no desenvolver da história Kyrie fica sabendo que ele conhecia exatamente tudo sobre ela: Desde características pessoais, como personalidade  até família, curso, faculdade, gostos por comidas, roupas, e até parceiros sexuais...
Porque na verdade ele já tinha um plano em mente. Um homem controlador e obcecado pela excelência em tudo...

Imaginem Só...


Fragmentos Pg 65- Kyrie Narrando sobre a mansão do seu Bem feitor  quando ele a Buscou para si...

‘’Outra porta levava a um closet maior que o meu quarto, banheiro e
sala de estar combinados. O closet era tão grande que tinha sua própria área
de estar: uma ilha com prateleiras contendo todos os meus sapatos e bolsas,
um espelho de corpo inteiro de três faces e uma caixa com fachada de vidro
contendo todas as minhas joias. Minhas roupas estavam penduradas juntas,
ocupando um cantinho minúsculo do armário. O resto do espaço?
Abastecido com vestidos, saias, blusas, calças jeans... Tudo novinho e com
etiquetas do meu tamanho, de todas as lojas mais caras do mundo. A parte
mais assustadora? Eram todas no meu estilo. Eu ficaria feliz em usar cada
item neste armário.’’

Em um primeiro momento Kyrie não pode ver o rosto , nem saber o nome nem informação alguma sobre seu bem feitor, sendo vendada o tempo todo e sendo tirara a venda apenas quando ele conquistasse a confiança dela, ela nem ao menos sabia como ele era, sua aparência, sua idade. Isso deu a graça no livro, até ai foi interessante. A medida que a confiança aumenta muitas experiências começam a acontecer.

Fragmentos pag. 36

‘’Harris (o motorista) parou junto às portas e se virou para mim. — É isso. Até onde
eu vou. — ele enfiou a mão no bolso do paletó e retirou um pedaço de pano
branco. — Se você concordar, eu colocarei esta venda em você. Ao permitir me
colocá-la, você está concordando em seguir de bom grado todas as
instruções dadas sem hesitação...’’

Escritora: Jasinda Wilder
http://bookfans.net/wp-content/uploads/images/Jasinda_Wilder_9013.jpg?c3d821
credito: http://bookfans.net/wp-content/uploads/images/Jasinda_Wilder_9013.jpg?c3d821


Minha Opinião:

Sendo sincera, eu digo que se por acaso você não tiver interessada em uma história que descreve intimidades ao extremo, não leia. O livro é muito bom nisso, relatando até mesmo detalhes irrelevantes, exagerando muitas vezes, tendo muitas palavras de baixo nível, baixarias... No geral a história se torna bonita pelo sentimento que ambos acabam criando um para o outro, um sentimento de amor, mas esse sentimento não se desenvolve como esperamos, fica sempre empacado. O livro paira em algumas cenas do cotidiano e se afunda na intimidade sexual dos dois quase que integralmente assim que ela chega á casa de Roth. Então desde velejar até ir ao restaurante tudo é baseado em sexo o que acaba com a graça em si, pois você já sabe o que esperar e o que vai acontecer, acaba sendo repetitivo e surreal, realmente achei muitas coisas exageradas, Até porque no inicio ele a venera e não há explicação do porque ELA, e essa obsessão por ELA ( sim, ele revela depois ,mas é surreal também). Na verdade até a sinopse deixa a desejar nesse quesito pois em nada te dá a entender que o livro é tão hot, se essa foi a intenção, a autora conseguiu.

Muitas cenas lembram 50 tons de cinza o que também fica monótono e sem graça (O livro 50 tons de cinza é incomparável, na minha opinião, apesar das cenas de sadô). Eu consegui rir em algumas cenas, e ficar radiante em outras, como por exemplo, no fragmento que disponibilizei pra vocês da pagina  65. Porém o livro só desenvolve de maneira mais ‘’real’’ o relacionamento dos dois quando pensamos que não seria mais possível, porém até o desfecho é enfadonho de tão repetitivo. 
No geral, a escrita é simples, o livro não é cansativo ou longo demais apesar das 334 paginas (e-book). Em dois dias terminei, não é também uma história muito empolgante, o que te faz querer terminar logo.  Em outras resenhas li que muitos ficaram desapontados com Jasinda Wilder a autora, pois ela tem outros livros muito bons, livros esses que pretendo ler em breve e resenhar por aqui. Porém resenha é isso, cada um acaba tendo um ponto de vista diferente sobre o mesmo assunto. Quem sabe a continuação não seja melhor...

Nota de 0 a 10: 6,9
Autor: Jasinda Wilder
Titulo: Alpha
Ano: 2014
Páginas: 450 físico/ E-book 334
Editora: T.R.I




Topo