quarta-feira

Minha Paixão é Ler: Eu sou Proibida- Anouk Markovits - Resenha


www.chuvanojardim.com.br




O Livro Eu sou Proibida da Autora Anouk Markovits publicado pela editora companhia das letras, revelou pra mim um mundo totalmente novo com uma visão e realidade diferente do que eu vivo e aprendi. Com uma visão critica sobre a própria religião e algumas questões a serem pensadas, uma das personagens principais do livro nos deixa curiosos e intrigados quanto ás suas escolhas ao longo do livro. Porque será?

Se passando em uma época dolorosa na história ( Holocausto e Guerra) em um primeiro momento ( o livro é dividido em cinco partes) começa narrando a infância , juventude e após , a vida como pai e chefe de família de Zalman. Concomitantemente , o livro relata a história de Mila Heller que perde seus pais na guerra e que é resgatada por um menininho chamado Josef que também tinha perdido sua família e que anos mais tarde vem ser seu esposo.

Mila é posteriormente adotada pela família de Zalman e cresce na presença de Atara, a menina dos questionamentos. Suas decisões causam impacto na família , gerando grandes tristezas. Ao longo do livro o leitor entende porque .

O livro fala sobre uma família judia e não só da família em si, mas de toda a cultura, doutrina e exigências. A história começa na data de 1939 na Transilvânia e avança conforme os encontros das pessoas que formam a base do livro se encontram. Tem relatos de 1947 a 2012, onde se encerra a história. O fato deles serem judeus , super tradicionais vivendo em uma sociedade católica, cristã ou sem religião , deixava tudo mais difícil , principalmente para as meninas onde tudo era proibido. A confusão na cabeça das adolescentes era evidente e complexa e o desejo de descobrir o mundo era grande . O pai delas dizia que não poderiam ter relacionamento algum com os ''infiés'' e nem entrar em nenhum lugar que fosse proibido. Na cidade, no entanto, tudo pra eles era proibido.


Eu ficava me perguntando quando chegaria a parte em que eu descobriria porque do titulo! Mas beeem pra frente , depois de muita história confusa que fui a descobrir. Confesso que fiquei espantada com o decorrer das decisões de Mila , até porque eu sempre pensei que seria Atara ( ''a rebelde'') que seria o pivor da proibição. Se bem que ela também era proibida diante da família. Complicado.

Só lendo pra ver se você , caro leitor, consegue compreender , pois pra mim foi super difícil.

www.chuvanojardim.com.br


Sinopse:


Eu sou Proibida , e assim são meus filhos e os filhos de meus filhos , proibidos por dez gerações , homens ou mulheres.
Toda noite , desde que descobri , tenho pesquisado sobre emissão de sêmen, sobre como os livros deles dizem que será, sobre como nossos livros dizem que não deve ser.

O pergaminho da Lei foi um dia pele, a linha foi tendão, a pena um dia voou...

Diga -me , rolo e fogo, como se aprende a já estar escrito.
Diga -me , rolo de cinzas, como se começa de novo.


Critica:


Esse livro é , em uma palavra, Confuso. Narrado em terceira pessoa, entendi que o livro é uma história de escolhas , mas também uma alta critica. Algumas vezes o amor fala mais alto, o desejo de liberdade, mas o carro chefe do livro é a religião. Parece aqueles livros de alta analise , ao mesmo tempo a favor , ao mesmo tempo contra.

A escrita não é fácil, não achei o livro de fácil entendimento. As vezes o achei super difícil , confuso e estranho. O livro começa com um sonho proibido de Zalman , que se 'pune' por ter tido um sonho e depois descobrimos que tudo é proibido. Tá ai, o titulo foi bem empregado, no final das contas.

Algumas vezes na leitura você nem entende mais o que a autora quis dizer , achei uma coisa embolada na outra, Achei outras partes difíceis mesmo pela questão da religião , Até ai tudo bem, não sou judia então certamente teria dificuldade, mas não foi só isso.

O livro é uma vida inteira de personagens tristes com seus erros e acertos , melancólico , por vezes chato de difícil leitura. É como se você visse a vida de alguém em algumas páginas e descobrisse o quanto foram infelizes , gerando um grande amargor no leitor. O final não cooperou e me sinto estranha até agora.


Nota de 0 a 10: 4
Titulo: Eu sou Proibida
Editora: Companhia das letras
Ano: 2015


Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Eu fico tão feliz ao ver seu comentário! Ele é muito importante pra mim
Se seguir eu sigo de volta. E não se esqueça de deixar o link para que eu possa retribuir a visita e segui-lo também.
Beijos e voltem sempre! <3

Topo