11 de maio de 2020

Dica com Pipoca- Milagre na Cela 7- Resenha




Olá meu povo lindo!!

Esse filme conheci pelas opções que a Netflix põe como indicação. Imaginei que seria um filme bastante dramático, bastante tenso, então eu acabei atrasando um pouco para vê-lo mesmo sabendo o quanto desejava. Hoje porém consegui uma coragem e tempo para passar meu domingo chuvoso e frio afundado no filme de drama.


Sinopse:


Memo, um pastor de ovelhas com deficiência Mental, vive com sua filha e avó em uma vila na costa turca do mar Egeu durante o período do golpe de estado em 80.Um belo dia, em 1983, a vida de Memo foi subitamente virada de cabeça para baixo quando a filha do comandante, um oficial sênior durante a lei marcial morreu. Memo é injustamente acusado do assassinato e condenado à morte. Ele acaba na prisão na cela número sete. É improvável que ele sobreviva, mas enquanto todos os que povoam a cela sete o haviam recebido inicialmente com ódio, gradualmente começaram a se convencer de sua inocência, mostrando seu grande coração. Com o tempo, todos esses toques do memorando são mobilizados para salvar sua vida.






Minhas Impressões:

‘O milagre na sala 7’ que é uma adaptação do filme sul coreano, conta a história de Lingo Lingo, o Memo. Ele nasceu com deficiência Intelectual e ao longo do filme me perguntei como ele havia tido uma filha ( esse detalhe é contado mais para o meio do filme, onde Memo narra como conheceu sua esposa.) A filha de Lingo Lingo que deve ter seus sete ou oito anos não o via como algo errado, e o filme relata o amor de pai e filha e o quanto ele se esforçava para cuidar dela. A avó dizia para a menina que o pai dela era diferente porque na verdade tinha a idade dela, era uma eterna criança.

Em um momento quando Memo levada as ovelhas para pastar , as crianças que brincavam perto dali com seus pais (dentre eles um comandante e seus filhos), chamaram a atenção de Memo com cantos de deboches e danças, ele sem perceber foi atraído e quando menos percebeu estava perto demais , a filha do comandante se achegou para as rochas próximo ao mar e escorregando caiu entre as pedras. Memo foi salva-la desesperado, quando surgindo com ela na praia toda ensanguentada nos braços os pais entraram em desespero , pensando que Memo a tivesse matado. Ele é então preso, torturado e sentenciado a morte, esperando o momento na cela 7.

Havia uma pessoa que viu... Uma única testemunha. Será essa testemunha capaz de salvar Memo?

O filme é muito triste, não mostra só o drama de Memo, mas de todos na cela 7 que aprende muito com ele. Todos foram capazes de aprender que milagres podiam acontecer e Memo por si só já era um milagre.
Nesse filme há muitas perdas: Na corrupção daquele que se julga a autoridade máxima, perda daquele que não se sente mais capaz de viver por uma culpa do passado, por aquele que se julga o salvador que deve morrer por alguém. O fato é que nada do que acontece no filme é algo inédito, dores assim são vivenciadas em muitos lugares e sob diversas circunstâncias.  




Achei que o filme foi escrito de maneira muito sensível, Memo foi tocando o coração das autoridades e para uma história que aconteceu na década de 80, achei o desfecho surpreendente. Acredito que a todos(ainda que não gostem de drama), é super válido assistir.

O ator Aras Bulut é um sucesso á parte! Ótima atuação como Lingo Lingo, fez super bem o papel, muito convincente, excepcional! A menina (Nisa Sofiya) também é um grande talento e emociona com o papel, tão pequena e já tão grande atriz.


Eu indico o filme com certeza! Ótimo momento cinema e pipoquinha do lado!


Trailer do Filme:





 Título original : 7. Koğuştaki Mucize

      Elenco:
      Aras Bulut İynemli: Memo
      Nisa Sofiya Aksongur: Ova
      Celile Toyon: Fatma Nene
      İlker Aksum: Askorozlu

Realização : Mehmet Ada Öztekin
Cenário : Özge Efendioglu e Kubilay Tat
Música : Hasan Özsüt
Direção artística : Hakan Yarkın
Fotografia : Torben Forsberg
Montagem : Ruşen Dağhan
Produção : Saner Ayar e Sinan Turan
      Produção associada : Cengiz Çağatay
Companhia de produção : O3 Turquia Medya
Empresa de distribuição : CJ Entertainment Turkey
País de origem :  Turquia
Língua original : Turco
Ano: 2019
Tempo: 2hs12 min
Nota: 9.8

8 de maio de 2020

Dica com Pipoca: Resgate - Resenha Filme



www.chuvanojardim.com.br


Nessa quarentena  são muitos os pensamentos: Preocupações com necessita trabalhar, preocupações com as finanças , com o emprego, com a saúde , vida...
Porém sempre estamos procurando algo para fazer em casa, seja trabalhando home office ( como eu ), seja fazendo as coisas pendentes , seja aprimorando ideias e maratonando nos finais de semanas ou todo dia ! kkk
Hoje vou começar a postar alguns filmes que estou vendo nessa quarentena e aproveitar para compartilhar a dica e também ouvir sua opinião , se vocês já assistiram alguma vez.

blog chuva no jardim


O filme visto hoje é um filme exclusivo Netflix, já visto por muitos talvez por isso se você já viu , deixa sua opinião aqui nos comentários.
O filme que se chama Resgate, conta a história de um mercenário ex combatente que sabe todas as artimanhas das lutas e de como quebrar as regras. Um assassino que tem uma história familiar triste e se entrega a tristeza de uma vida sem sentido. Ele é chamado por uma agente quando um menino filho do maior traficante da índia é sequestrado pelo maior traficante de Bangladesh e corre risco de morte. Pelo trabalho Tyler Rake – O mercenário- ganharia muito dinheiro  o que o ajudaria a viver , por isso aceita , sabendo que poderia não voltar vivo.



Sinopse:
Em Bangladesh o mercenário Tyler Rake luta para sobreviver durante a missão para resgatar o filho de um chefão do crime. Em meio a muitos perigos e ação do inicio ao fim, Tyler ainda tem que conseguir lidar com seus próprios problemas e conflitos.

chuva  no jardim


Minhas Impressões:

O filme tem muita ação! Algumas cenas exageradas e até engraçadas eu diria que dá uma pitada de humor para o filme. Tyler cumpre bem o papel de salvador, mas será que ele consegue salvar a si mesmo?
Fiquei bem perplexa de como as cenas foram gravadas dentro daquele bairro de Bangladesh, com muita gente na rua e muitos lixos, mas achei as cenas bem elaboradas.
Infelizmente o filme também mostra o lado ruim do crime, da pobreza dos países subdesenvolvidos , do controle do trafico e da corrupção. Isso é bem tocante e muitas vezes meio familiar.
Acredito que pessoas que gostam de muita ação e um tanto de barulho de tiros vão gostar. Mas no fundo, esperava mais desse filme, parece peças que ficaram faltando ou que não se conectaram. Quem mais achou isso?
Apesar de tudo, senti muita pena e aflição por Tyler, acredito que uma vida sofrida foi pouco para ele que se culpava pelo passado e não sabia lidar com as dores. Acredito que isso e os combates passados tiraram seu medo da morte, mas tiraram também sua coragem para viver. Ele não se sentia corajoso. Mas muitas críticas por aí acharam isso meio clichê... Bom, acho que é uma história possível.
O filme terá continuação e pelo final que foi super tenso torcemos para que, pelo menos, não tenha sido o que pensamos hehe curioso? Assista na Netflix e aproveita deixa sua opinião para a gente.

Trailer do filme:


Um beijo, até aproxima!

Nome do filme: Resgate
Ano: 2020 Tempo: 1:57hs
Atores: Chris Hemsworth, Rudhraksh Jaiswal, Randeep Hooda
Nota: 7


4 de maio de 2020

Minha Paixão é Ler: Resenha - A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida- Laura Tait & Jimmy Rice


blog chuva no jardim



O livro ''A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida '' dos autores Laura Tait & Jimmy Rice conta a história de Alex e Holly, amigos desde a adolescência , conviviam juntos na escola e no bairro e eram inseparáveis , tinham muito em comum e guardavam um amor um pelo outro. Porém nenhum dos dois tinha coragem de revelar.

O tempo se passou e quando ambos iam em direção à mais nova etapa de suas vidas – A universidade- Holly tomou coragem para dizer a Alex o que sentia. Mas uma jogada errada do destino e a atitude de Alex fez com que Holly desistisse de dizer o que tinha em seu coração e foi embora da pequena cidade onde moravam , indo para universidade e depois indo trabalhar em Londres.

Os anos se passaram , 11 anos! E o destino quis se redimir unindo-os novamente. Agora, Holly tinha um namorado , que ela fazia questão de oficializar. Um homem bonito, atraente que era seu chefe na empresa que trabalhava como secretária. Estava madura , tinha sua própria casa e desejos. Porém ainda estava presa num mundo e profissão que não tinha sonhado, com o espirito aventureiro preso em algum lugar na sua vida de privações.
Por outro lado havia um Alex maduro , formado em licenciatura e que sonhava em ensinar seus alunos e fazer a diferença no mundo. Decidiu ir para Londres, para uma nova oportunidade.
Ao encontrar com Holly , todo sentimento veio à tona. Mesmo ambos dizendo para si mesmos que estava tudo bem agora, que o tempo já tinha passado, eles ainda se gostavam muito, porém mais uma vez nunca disseram um para o outro.

Se aproximaram, relembraram os velhos tempos, tornaram-se amigos novamente...
Ela seguiu namorando o seu chefe. Ele começou a namorar a colega de trabalho de Holly...

Entre encontros e desencontros , os sentimentos aumentavam , mas quando o amor não é revelado , não existe chance para a felicidade.

Como será o desfecho dessa história?


Sinopse:

O primeiro amor. Uma segunda chance. Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados? Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso. Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância? Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor? A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.


chuva no jardim


Critica:

O livro que é narrado em primeira pessoa , em momentos por Holly em outros por Alex, tem escrita simples , fácil de entender . O leitor consegue se encaixar na história e se apegar aos personagens. Ao longo do livro são revelados os acontecimentos dos anos passados e do presente , mostrando na visão de cada um sobre o que aconteceu . Gostei de Alex e Holly , mas achei os dois muito patetas. Eles sempre diziam coisas como '' Ahh mais é claro que holly nunca iria gostar de mim'' e vice versa.
Com isso , viviam sofrendo calados , sempre com medo de revelar e o tempo mais uma vez passando!
Em alguns momentos me deu vontade de bater nos dois. Mas as vezes é assim mesmo que acontece na vida real , não é?
Meu povo! Pelo amor de Deus , se ama alguém, conte! O máximo que você pode escutar é um não. E a vida continua. Eles perderam 11 anos antes e depois mais uns meses e ainda depois mais um ano , quando Holly triste e frustada decide abandonar tudo e fazer a viagem de seus sonhos sozinha.
Mas o final guarda uma surpresinha , que faz com que cada leitor decida o que pensar sobre o futuro dos personagens... o que será?

No geral , apesar da raiva do livro ser exatamente como o titulo diz, a gente segue esperançoso. Por isso indico a leitura!

Nota de 0 a 10: 7
titulo: A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida
Autores: Laura Tait & Jimmy Rice
Ano: 2014
Editora: LeYa
Numero de cap: 39
ISBN: 9788544102312

Topo